Terça, 22 de outubro de 201922/10/2019
Fino 728x90
ESPORTES
Odebrecht confirma quitação de dívida referente à Arena Corinthians
Os termos destes acordos são protegidos por cláusula de confidencialidade”, diz a nota oficial, que foi inicialmente publicada pelo jornalista Marco Bello Junior.
Redação Ivinhema - MS
Postada em 14/09/2019 ás 10h17
Odebrecht confirma quitação de dívida referente à Arena Corinthians

Após Andrés Sanchez declarar, na manhã desta sexta-feira, que Corinthians e Odebecht chegaram a um acordo para a quitação da dívida referente à construção da arena do clube, a empreiteira confirmou, por meio de nota oficial, a informação divulgada pelo presidente corintiano.


Em recuperação judicial, a Odebrecht prometeu ao Corinthians que repassará ao clube 100% do desconto que terá neste processo junto aos seus credores. Com isso, o Timão resolve a questão com a construtora, e agora, apenas o financiamento com a Caixa fica pendente.


“A Odebrecht confirma que assinou um memorando de entendimentos com o Sport Club Corinthians Paulista que define os termos para solucionar as dívidas do projeto Arena junto à Odebrecht Participações e Investimentos, empresa controlada pela Odebrecht S.A.


Também foi assinado um termo entre a Odebrecht Engenharia e Construção (OEC) e o Sport Club Corinthians Paulista que resulta em quitação mútua entre as partes para a construção da Arena. Os termos destes acordos são protegidos por cláusula de confidencialidade”, diz a nota oficial, que foi inicialmente publicada pelo jornalista Marco Bello Junior.


O Conselho pediu acesso ao documento, e após análise, a Comissão Fiscal percebeu que, na verdade, trata-se de uma espécie de carta de intenção, e não de um acordo já assinado. O documento, portanto, é um recurso de segurança, garantindo que a empreiteira está comprometida a cumprir os termos assim que a questão judicial seja resolvida.


Na última reunião do Conselho Deliberativo, em agosto desse ano, Andrés Sanchez já havia afirmado que a dívida residual do Corinthians com a Odebrecht ficaria entre R$130 milhões e R$160 milhões. Antes do acordo, a empresa afirmava que tinha R$800 milhões a receber do Alvinegro, mas com o repasse de todos os CIDs à empreiteira, além de descontos quanto a partes da obra não realizadas ou mal realizadas pela Odebrecht, o valor caiu.

FONTE: Correio do Estado
tags:
• Arena
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium