Sexta, 13 de dezembro de 201913/12/2019
SAÚDE
Mais de 36 mil jovens precisam se vacinar contra o sarampo em MS
Segunda fase da campanha começou hoje e alvo são pessoas de 20 a 29 anos
Redação Ivinhema - MS
Postada em 18/11/2019 ás 18h43
Mais de 36 mil jovens precisam se vacinar contra o sarampo em MS

Foto: Foto: Álvaro Rezende / Correio do Estado

Segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo começou nesta segunda-feira (18), tendo como alvo pessoas na faixa etária de 20 a 29 anos de idade. Mato Grosso do Sul tem 36.436 jovens que fazem parte do público-alvo e não estão vacinados contra o sarampo ou com esquema vacinal incompleto. 


O Ministério da Saúde repassa mensalmente doses de vacinas aos estados para atender a rotina dos serviços de saúde, no entanto, foram distribuídas doses extras para a campanha. No Estado, em outubro e novembro foram distribuídas 120 mil doeses da tríplice viral. 


Objetivo da segunda fase é que essa população tome duas doses da vacina tríplice viral (caxumba, rubéola e sarampo) com intervalo mínimo de 30 dias.


Em Campo Grande, a imunização dessa faixa etária segue até o dia 30 de novembro nas 69 Unidades Básicas e de Saúde da Família (UBS e UBSF).


Durante a primeira etapa de vacinação, Mato Grosso do Sul vacinou 120% das crianças com até dois anos de idade, sendo a segunda maior cobertura vacinal do país. No Estado foram aplicadas 100.606 doses da vacina contra sarampo em crianças entre seis meses e cinco anos de idade. Foram registradas 8.982 doses zero, 35.888 da primeira dose, 43.137 da segunda dose e 12.599 de terceira dose ou mais.


As crianças entre seis meses e menores de um ano continuarão sendo imunizadas, conforme orientação do Ministério da Saúde e respeitando os locais referenciados para cada faixa de idade. Além da vacinação contra o sarampo, as crianças que estiverem com doses pendentes e que os pais levaram o cartão de vacinação, terão a vacinação regularizada.


De janeiro até esta segunda-feira (18), Mato Grosso do Sul tem dois casos confirmados de sarampo, sendo um homem 52 anos, morador de Três Lagoas, que viajou para Jundiaí, onde apresentou os primeiros sintomas, e um bebê de 10 meses, que foi diagnosticada após testes realizados pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Ela viajou para o estado de São Paulo, em agosto, e quando na volta para Campo Grande começou a apresentar os sintomas. 


Em todo o Brasil, foram confirmados 10.429 casos de sarampo neste ano, com 14 mortes pela doença, sendo 13 no estado de São Paulo e uma em Pernambuco. Das vítimas, 14% tinham idade entre 20 e 29 anos. 

FONTE: Correio do Estado
tags:
• MS
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium