Terça, 26 de maio de 202026/5/2020
SAÚDE
Na gangorra do isolamento, MS volta a ocupar 26° lugar no ranking nacional
Ocorre que o comportamento da população nos municípios brasileiros é fator determinante para essa classificação final.
Redação Ivinhema - MS
Postada em 21/05/2020 ás 17h31
Na gangorra do isolamento, MS volta a ocupar 26° lugar no ranking nacional

Os dados de monitoramento com foco no isolamento social em todo Brasil mostram uma verdadeira montanha russa no mapeamento diário. Nesta quarta-feira (20.5) Mato Grosso do Sul voltou ao posto cativo de penúltimo lugar no ranking nacional, mesmo depois de ter subido uma posição no dia anterior.


Ocorre que o comportamento da população nos municípios brasileiros é fator determinante para essa classificação final, e mesmo que os índices de determinado Estado não sejam bons para o dia, o desempenho ruim de outras regiões do País interferem na classificação do ranking nacional.


No entanto, a taxa média de isolamento social de Mato Grosso do Sul em comparativo recente, mostra relaxamento gradual nas medidas de distanciamento social, e movimentação de dias normais. Nesta quarta-feira o percentual de pessoas que se mantiveram em quarentena foi de 36,5%, enquanto que na terça foi de 37,5% e na segunda 38,1%. Os índices estão bem distantes dos 70% recomendados por autoridades mundiais de saúde como ideal.


A adesão ao isolamento nos municípios com mais casos confirmados de Covid-19 foi de 35,6% (Campo Grande), 46,1% (Guia Lopes da Laguna), 39,1% (Três Lagoas), 39% (Dourados), 35,9% (Jardim) e 42,6% (Brasilândia).


A doença tem avançado no Estado. Só nesta quinta-feira (21.5), houve a confirmação de 53 novos casos conforme boletim epidemiológico atualizado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), sendo 20 deles só em Campo Grande. De maneira macro, o Estado possui 746 casos confirmados e 17 óbitos. Outras 231 amostras estão sendo investigadas pelo Laboratório Central de Saúde Publica (Lacen).


Nos últimos dias, especialistas e autoridades de saúde tem alertado para o crescimento exponencial de casos nas próximas semanas, podendo em um curto espaço de tempo necessitar de toda capacidade de atendimento de saúde para enfrentar a Covid-19.


“Fortalecer o isolamento social, as medidas de higiene e fortalecer cada vez mais a compreensão da população no tocante ao uso de máscaras. Essas três medidas são fundamentais para que continuemos a perseguir o sucesso do enfrentamento a pandemia aqui no Mato Grosso do Sul”, ponderou o secretário de saúde, Geraldo Resende.

FONTE: Nova Noticias
tags:
• Civd
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium