Terça, 26 de maio de 202026/5/2020
POLÍTICA
Em live com Bolsonaro, Azambuja pede veto a reajuste salarial para servidores até 2021
O governador representou entres da federação de pedem pelo sancionamento da lei de ajuda aos Estados
Redação Ivinhema - MS
Postada em 21/05/2020 ás 17h48
Em live com Bolsonaro, Azambuja pede veto a reajuste salarial para servidores até 2021

Em videoconferência com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), membros de sua equipe ministerial e líderes do Congresso Nacional, o governador do Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB) pediu para que o presidente sancionasse a lei de ajuda aos Estados, com veto à possibilidade de reajuste de salário de servidores públicos.


O governador disse que a maioria dos Estados é favorável ao veto do reajuste até 2021. A previsão consta no projeto de socorro aos Estados e municípios e é criticada pela equipe econômica do governo.


“Todos nós estamos dando uma cota de sacrifício, é um momento ímpar da história do nosso País. A maioria dos governadores entende a importância de vetar esse artigo (sobre reajuste de servidores)”, disse Azambuja, apelando para que a primeira parcela do resgate seja paga ainda este mês.

FONTE: Midiamax
tags:
• MS
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium